Pensamento fanático: 1984/2020

Autores

  • Viviane Sprinz Mondrzak Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre (SPPA)

Palavras-chave:

Fanatismo, Preconceito, Pensamento, Poder, Instituições

Resumo

O presente trabalho propõe o estudo de alguns aspectos relacionados aos preconceitos e ao pensamento fanático, partindo da descrição do duplipensar feita por George Orwell em seu livro 1984. Assim, o trabalho se detém no vértice que estuda esses fenômenos do ponto de vista de distúrbios nos processos de pensamento, destacando a dificuldade em estabelecer causas específicas. A importância dos fatores socioculturais é discutida, na medida em que não existimos isoladamente. Da mesma forma, a presença desses fenômenos nas instituições psicanalíticas também é abordada, concluindo com alguns tópicos para futuras discussões sobre o tema (AU)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviane Sprinz Mondrzak, Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre (SPPA)

Psiquiatra, Psicanalista, membro efetivo e analista didata da Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre (SPPA).

Referências

Akhtar, S. (2007). From unmentalized xenophobia to messianic sadism: some reflections on the phenomenology of prejudice. In The future of prejudice. New York: Jason Aronson.

Atlan, H. (1986). Com razão ou sem ela: intercrítica da ciência e do mito. Lisboa: Piaget.1994.

Bion, W. (1962). O aprender com a experiência. Rio de Janeiro: Imago, 1966.

Bleger, J. (1967). Simbiose e ambiguidade. Rio de Janeiro: Francisco Alves Editora, 1977.

Cassorla, R.S. (2019). Fanaticism: reflections based on phenomena in the analytic field. The International Journal of Psychoanalysis, 100(6), 1338-1357.

Freud, S. (1974a). Sobre o narcisismo: uma introdução. In Edição standard brasileira das obras psicanalíticas completas de Sigmund Freud, (Vol. 14, pp. 89-119). Rio de Janeiro Imago. (Trabalho original publicado em 1914)

Freud, S. (1974b). O mal-estar na civilização. In Edição standard brasileira das obras psicanalíticas completas de Sigmund Freud, (Vol. 21, pp. 81-171). Rio de Janeiro Imago. (Trabalho original publicado em 1930[1929])

Klein, M. (1996). Inveja e gratidão. (Trad. de A. Cardoso). Rio de Janeiro: Imago. (Trabalho original publicado em 1957)

Matte Blanco, I. (1975). The unconscious as infinite sets: an essay in bi-logic. London: Duckworth.

Maturana, H. & Varela, F. (1984). A árvore do conhecimento: as bases biológicas da compreensão humana. São Paulo: Palas Athena, 2007.

Mondrzak, V.S., Duarte, A.L., Lewkowicz, A.B., Kauffmman, A.L., Iankilevich, E., Brodacz, G., Soares, G.P., Pellanda, L.E. (2007). Trauma, causality and time: some reflections: epistemology study group, Porto Alegre Psychoanalytical Society. The Int. J. Psycho- Anal., 88(2), 463-474.

Orwell, G. (1949). 1984. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1971.

Prochet, N. (2018). Como criar um fanatic. Cadernos de Psicanálise-SPCRJ, 34(1), 17-25.

Sor, D., & Senet de Gazzano, M.R. (1993). Fanatismo. Buenos Aires: Ananké.

Winnicott, D.W. (2000). A preocupação materna primária. In Da pediatria à psicanálise – Obras escolhidas, (pp. 399-405). Rio de Janeiro. Imago. (Trabalho original publicado em 1956)

Young-Bruehl, E. (2007). A brief history of prejudice studies. In The future of prejudice. New York: Jason Aronson.

Publicado

2021-07-07

Como Citar

Mondrzak, V. S. (2021). Pensamento fanático: 1984/2020. Revista De Psicanálise Da SPPA, 28(1), 121–136. Recuperado de https://revista.sppa.org.br/RPdaSPPA/article/view/830

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)