Resenha: O consciente em psicanálise* de Antonio Alberto Semi

Autores

  • Maria Regina Limeira Ortiz Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre (SPPA)

Palavras-chave:

Resenha, Antonio Semi, Consciente, Psicanálise

Resumo

Dr. Antonio Alberto Semi, eminente analista didata italiano, levanta uma série de questões a respeito da consciência em psicanálise. Afirma que os psicanalistas dão pouca importância à consciência, esquecendo-se que somente através dela é que podemos pensar sobre o material psíquico oriundo do inconsciente e do mundo externo do paciente. Dr. Semi desenvolve o livro procurando estimular o leitor a descobrir por que o estudo da consciência é necessário para a psicanálise. A consciência é um fato inegável, difícil de questionar e entender sem o qual a comunicação seria impossível. O interesse do autor pela estrutura da consciência e do discurso associativo em particular iniciou-se com suas observações, questionamentos e discussões a respeito do que ocorria durante o trabalho clínico e também seus estudos sobre os ensaios metapsicológicos de Freud, que deixou numerosas observações e construções sobre o fenômeno da consciência (AU)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Regina Limeira Ortiz, Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre (SPPA)

Membro da Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre (SPPA)

Referências

SEMI, Antonio Alberto. (2007). The conscious in psychoanalysis. Taschenbuch: Stylus Pub Llc

Publicado

2021-04-30

Como Citar

Ortiz, M. R. L. (2021). Resenha: O consciente em psicanálise* de Antonio Alberto Semi. Revista De Psicanálise Da SPPA, 15(3), 575. Recuperado de https://revista.sppa.org.br/RPdaSPPA/article/view/825

Edição

Seção

Resenha