O impacto de Bion no pensar a psicanálise

um depoimento pessoal

Autores

  • Viviane Sprinz Mondrzak

Palavras-chave:

Complexidade, Técnica psicanalítica, Determinismo, Instituições

Resumo

O artigo procura mapear o impacto das ideias de Bion na forma com que a autora pensa a psicanálise e o fazer psicanalítico. Assim, trata-se de um depoimento pessoal e de um recorte dentre as várias contribuições de Bion. São discutidos aspectos do modelo de funcionamento da mente, dos objetivos de uma análise, das ferramentas técnicas do trabalho analítico e dos analistas e suas instituições. A importância da convergência de Bion com Matte-Blanco é destacada. Ao final, é apresentado o fragmento de um material clínico no qual se discutem mudanças na forma da autora trabalhar a partir das várias experiências e estudos ao longo de seus anos de trabalho, marcadas pelo impacto, principalmente, das contribuições de Bion.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviane Sprinz Mondrzak

Psicanalista. Membro efetivo e analista didata da Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre (SPPA)/International Psychoanalytical Association (IPA).

Referências

Bion, W. R. (1961). Experiências com grupos. Rio de Janeiro: Imago, 1975.

Bion, W. R. (1962). O Aprender com a Experiência. Rio de Janeiro: Imago, 1991.

Bion, W. R. (1963). Elementos em Psicanálise. Rio de Janeiro: Imago, 1991.

Bion, W. R. (1970). Atenção e Interpretação. Rio de Janeiro: Imago, 1991.

Bion, W. R. (1978). Quatro discussões com W. R. Bion. In Conversando com Bion, (pp. 5-63). Rio de Janeiro: Imago, 1992.

Bion, W. R. (1992). Cogitações. Rio de Janeiro: Imago, 2000.

Matte-Blanco, I. (1975). The Unconscious as Infinite Sets. Londres: Duckworth.

Mondrzak, V. S. et al. (2003). O inconsciente na perspectiva da complexidade e do caos: uma abordagem inicial. Revista de Psicanálise da SPPA, 10(3), 559-570.

Mondrzak, V. S. (2004). Psychoanalytic process and thought: convergence of Bion and Matte-Blanco. Int. J. Psycho-Anal., 85, 597-614.

Mondrzak, V. S. et al. (2007). Trauma, causality and time: some reflections: Epistemology Study Group, Porto Alegre Psychoanalytical Society. Int. J. Psycho-Anal., 88, 463-474.

Mondrzak, V. S. et al. (2013). Sobre o representar y no representar. Revista de Psicanálise da SPPA, 20(3), 635-651.

Mondrzak, V. S. (2020). Por uma Ética Institucional. Revista de Psicanálise da SPPA, 27(3), 669-683.

Talamo, P. B. (1999). Metapsicologia y Metamatematica. Buenos Aires: Polemos.

Publicado

26-03-2024

Como Citar

Sprinz Mondrzak, V. (2024). O impacto de Bion no pensar a psicanálise: um depoimento pessoal. Revista De Psicanálise Da SPPA, 31(1). Recuperado de https://revista.sppa.org.br/RPdaSPPA/article/view/1166

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)