Acesso Livre Acesso Livre  Acesso restrito Acesso Restrito

O dilema de Salieri: contraponto entre inveja e apreço

R. Horacio Etchegoyen, Clara Nemas

Resumo


Tomando como ponto de partida os conceitos kleinianos de 1957, este artigo põe em destaque algumas características da inveja que ainda não foram levadas em consideração pela psicanálise. Klein descreve o conflito entre a inveja e a gratidão como algo inerente ao ser humano; ela sugere uma interessante conexão entre a inveja e a admiração, mas sua teoria nunca desenvolveu essa ideia. A hipótese que apresentamos neste trabalho é a existência de uma intolerância específica – relacionada à inveja – da capacidade de alguém de reconhecer os aspectos meritórios do objeto. Essa situação leva ao paradoxo de que a capacidade que permite ao paciente apreciar as qualidades boas do objeto é, ao mesmo tempo, fonte de dor insuportável. A capacidade de reconhecer os aspectos bons do objeto – percebidos ou atribuídos pela identificação projetiva – não pode ser aceita como um aspecto meritório do self e é considerada uma prova da falta de valor do self. Acreditamos que a descrição dessa intolerância em relação ao apreço admirativo introduz uma mudança no entendimento da idealização considerada como uma simples defesa contra a inveja, enriquecendo o conflito expresso no imediatismo da transferência – contratransferência.

Palavras-chave


inveja; idealização; apreço; mecanismos esquizoides; posição depressiva; técnica psicanalítica; transferência – contratransferência; dor mental

Texto completo:

PDF

Referências


Abraham, K. (1919). A particular form of neurotic resistance against the psychoanalytic method. In Selected papers on psychoanalysis. London: Hogarth Press, 1942, pp. 303-12.

Bion, W. (1959). Attacks on linking. In Second thoughts. New York: Jason Aronson, 1967.

Bion, W. (1962). Learning from experience. London: Heinemann.

Bion, W. (1963). The elements of psychoanalysis. London: Karnac.

Bott-Spillius, E. (1993). Varieties of emotional experience. Int. J. Psychoanal., 74: 1199-1212.

Britton, R. (1998). Belief and imagination. London/New York: Routledge.

Etchegoyen, R. H, Lopez, B. M., & Rabih, M. (1987). On envy and how to interpret it. Int. J. Psychoanal., 68 (1): 49-61.

Forman, M. (Dir.), Zaentz, S. (Prod.) & Shaffer, P. (Roteiro) (1984). Amadeus. Burbank, CA: Orion Pictures Corporation/Warner Bros.

Freud, S. (1917). Mourning and melancholia. In The standard edition of the complete psychological works (Vol. 14, pp. 237-260). London: Hogarth.

Freud, S. (1931). Female sexuality. In The standard edition of the complete psychological works (Vol. 21, pp. 221-246). London: Hogarth.

Freud, S. (1938). Moses and monotheism. In The standard edition of the complete psychological works (Vol. 23, pp. 1-138). London: Hogarth.

Joseph, B. (1989). Psychic equilibrium and psychic change. London: Routledge.

Klein, M. (1934). A contribution to the psychogenesis of manic-depressive states. Int. J. Psychoanal., 16: 145-74.

Klein, M. (1957). Envy and gratitude. In Envy and gratitude and other works. London: Hogarth Press, 1975, pp. 48-56.

Kohut, H. (1971). The analysis of the self. A systematic approach to the psychoanalytic treatment of narcissistic personality disorders. New York: Int. Univ. Press.

Meltzer, D. & Harris Williams, M. (1988). The apprehension of beauty: The role of aesthetic conflict in development, art and violence. Perthshire, Scotland: Clunie Press [Buenos Aires: Spatia, 1990].

Meltzer, D. (1954). The differentiation of somatic delusion from hypochondria. Int. J. Psychoanal., 45: 246-50.

Meltzer, D. (1966). The relation of anal masturbation to projective identification. Int. J. Psychoanal., 47: 335-42.

Meltzer, D. (1973). Sexual states of mind. Perthshire, Scotland: Clunie Press.

Money-Kyrle, R. (1965). Megalomania. In Collected papers. Perthshire, Scotland: Clunie Press, 1978, Chap. 26.

O’Shaughnessy, E. (1999). Relating to the superego. Int. J. Psychoanal., 80: 861-70.

Pushkin, A. S. (1830). Mozart and Salieri (Verse Drama).

Racker, H. (1960). Estudios sobre técnica psicoanalítica. Buenos Aires: Paidós. [Transference and countertransference. London: Karnac, 1968].

Rivière, J. (1932). Jealousy as a mechanism of defence. Int. J. Psychoanal., 13: 414-24.

Rivière, J. (1936). A contribution to the analysis of the negative therapeutic reaction. Int. J. Psychoanal., 17: 304-20.

Rosenfeld, H. (1971). A clinical approach to the psychoanalic theory of the life and death instincts: An investigation into the aggressive aspects of narcissism. Int. J. Psychoanal., 52 (2): 169-78.

Segal, H. (1981). The work of Hanna Segal. New York: Jason Aronson.




DOI: https://doi.org/10.5281/sppa%20revista.v24i2.310

Direitos autorais

Revista de Psicanálise da SPPA | Publicada desde 1993 (1988-93 com o nome de Arquivos de Psicanálise da SPPA)

Publicação Quadrimestral | ISSN 1413-4438 (versão impressa) | ISSNe 2674-919X (versão eletrônica) | Qualis: B2 Psicologia
 
INDEXADORAS:
LILACS | Biblioteca Virtual da Saúde (OPAS - BIREME)
CLASE | Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (Universidad Nacional Autónoma de México - UNAM)
Scholar | Google Acadêmico

Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre

Rua General Andrade Neves, 14/402 | 90010-210 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone +55 (51) 3224-3340 | WhatsApp (51) 9 8487-0158 | E-mail: revista@sppa.org.br