Acesso Livre Acesso Livre  Acesso restrito Acesso Restrito

Uma revisita ao desejo do psicanalista em O banquete de Platão, segundo o legado de Freud e Lacan

Claudia Rodrigues Pádua Salgado Beato, Eliana Rigotto Lazzarini

Resumo


Objetivamos compreender o termo desejo do psicanalista enquanto direção ética da psicanálise. Para isso, o texto partirá de contribuições da conceituação do termo desejo em Freud como introdução ao termo desejo do psicanalista nomeado por Lacan, lugar esvaziado de  intençõespessoais e de promessas de felicidade ao seu analisante. Ao longo do trabalho, serão revisitados alguns pontos essenciais da clássica obra literária O banquete de Platão de acordo com Lacan, destacando a relação de Sócrates e Alcibíades como possibilidade de contraponto da práxis psicanalítica. Em uma correlação com essa práxis, Sócrates foi colocado no lugar de objeto perdido, objeto agalmático para Alcibíades, ocupando um lugar de objeto na transferência do amor depositado por este último. Diante da sua sustentação e do desejo de não ceder ao discurso sedutor deste participante, Sócrates relança-o ao seu próprio desejo, tal como é recomendado a um psicanalista na condução de um tratamento. Finalmente, esse exemplo irá nos levar a uma reflexão quanto ao rigor ético da psicanálise como norteadora do desejo do psicanalista (AU)


Palavras-chave


Desejo; O banquete de Platão; Desejo do psicanalista; Objeto perdido; Ética da psicanálise

Texto completo:

PDF

Referências


Búfalo, F.R. (2009). A questão do desejo em Hegel e em Lacan. Reflexão, Campinas. 34(96), 41-49, jul./dez.

Chediak, G.F. (2014). As identificações no processo de estruturação subjetiva - o encontro contigente com o êxtimo e a invenção sinthomática. Brasília: Universidade de Brasília. Tese.

Cottet, S. (1989). Freud e o desejo do psicanalista. Rio de Janeiro: Editora Zahar.

Dunker, C.I.L. (2011). Estrutura e constituição da clínica psicanalítica. Uma arqueologia das práticas de cura, psicoterapia e tratamento. São Paulo: Anna Blume.

Freud, S. (1969a). Estudos sobre a histeria. In Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud (Vol. II, pp. 13-296). Rio de Janeiro, RJ: Imago. (Trabalho original publicado em 1895 [1893])

Freud, S. (1969b). Artigos sobre técnica. In S. Freud. Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. (J. Salomão, Trad., Vol. XII). Rio De Janeiro: Imago. (Trabalho original publicada em 1911-1915 [1914])

Freud, S. (1974a). As pulsões e suas vicissitudes. In J. Strachey (Ed.), Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. (Vol. XIV). Rio de Janeiro: Imago. (Trabalho original publicada em 1915)

Freud, S. (1974b). O inconsciente. In J. Strachey (Ed.), Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. (Vol. XIV). Rio de Janeiro: Imago. (Trabalho original publicada em 1915)

Freud, S. (1976). Além do Princípio do Prazer. In J. Strachey (Ed.), Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. (Vol. XVIII). Rio de Janeiro: Imago. (Trabalho original publicada em 1920)

Freud, S. (1987a). Relatório sobre meus estudos em Paris e Berlim. In J. Strachey (Ed.), Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. (Vol. I). Rio de Janeiro: Imago. (Trabalho original publicada em 1956[1886])

Freud, S. (1987b). Projeto para uma psicologia científica. In J. Strachey (Ed.), Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. (Vol. I). Rio de Janeiro: Imago. (Trabalho original publicada em 1950[1895])

Freud, S.A. (1987c). A interpretação de sonhos. Parte II. In J. Strachey (Ed.), Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. (Vol. V). Rio de Janeiro: Imago. (Trabalho original publicada em 1900-1901)

Garcia-Roza, L.A. (1985). Freud e o inconsciente. Rio de Janeiro: Zahar.

Jaeger, W. (1995). Sócrates. In Paideia: A formação do homem grego. São Paulo: Martins Fontes.

Jorge, M.A.C. (2008). Fundamentos da psicanálise de Freud a Lacan. As bases conceituais. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Jorge, M.A.C. (2010). Fundamentos da psicanálise de Freud a Lacan. A clínica da fantasia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Jorge, M.A.C. (2017). A direção da análise. In Fundamentos da psicanálise de Freud a Lacan. A prática analítica. (Vol. 3). Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Kehl, M.R. (2009). Sobre ética e psicanálise. São Paulo: Companhia das Letras.

Lacan, J. (1990). O seminário, livro 11: os quatro conceitos fundamentais da psicanálise. (M. D. Magno, Trad.). Rio de Janeiro: Jorge Zahar. (Obra original publicada em 1964).

Lacan, J. (1992). O seminário, livro 8: a transferência. (M. D. Magno, Trad.). Rio de Janeiro: Jorge Zahar. (Obra original publicada em 1960-1961).

Lacan, J. (1995). O seminário, Livro 4: a relação de objeto. (M. D. Magno, Trad.). Rio de Janeiro: Jorge Zahar. (Obra original publicada em 1956-1957).

Lacan, J. (1998). Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar. (Obra original publicada em 1958).

Lacan, J. (1999). O seminário, Livro 22: R.S.I. (Tradução do Francês para o Português Somente Para Estudos Internos). Rio de Janeiro.

Lacan, J. (2002). O seminário, Livro 6: o desejo e sua interpretação. (Publicação não comercial. Circulação interna da Associação Psicanalítica de Porto Alegre). (Obra original publicada em 1958-1959).

Lacan, J. (2008). O seminário, Livro 7: a ética da psicanálise. (M.D. Magno, Trad.). Rio de Janeiro: Jorge Zahar. (Obra original publicada em 1959-1960).

Laplanche, J.; Pontalis, J. (1988). Vocabulário de psicanálise. São Paulo: Martins Fontes.

Mello, D.M. (2006). A transferência. Uma viagem ao continente negro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar.

Platão (1991). O banquete. In Diálogos: O banquete – Fédon – Sofista – Político (pp. 7-59). Coll. Os pensadores. São Paulo: Nova Cultural. (Original escrito por volta de 380 a.C.)

Rabinovich, D.S. (2000). O desejo do psicanalista. Rio de Janeiro: Companhia de Freud, 2009.

Rocha, G.K.; Silva, E.A. (2018). As ironias do conceito socrático em Kierkegaard. Trilhas filosóficas, 1(1), 239-257

Rocha, Z. (1999). O desejo na Grécia Arcaica. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental. 2(4), 94-122.

Roudinesco, E. & Plon, M. (1998). Dicionário de psicanálise. (V. Ribeiro, Trad.). Rio de Janeiro: Jorge Zahar (Obra original publicada em 1997).

Safatle, V. (2017). Lacan, revolução e liquidação da transferência: a destituição subjetiva como protocolo de emancipação política. Estudos Avançados, 31(91), 211-227. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/eav/article/view/141914




Direitos autorais 2020 Claudia Rodrigues Pádua Salgado Beato, Eliana Rigotto Lazzarini

Revista de Psicanálise da SPPA | Publicada desde 1993 (1988-93 com o nome de Arquivos de Psicanálise da SPPA)

Publicação Quadrimestral | ISSN 1413-4438 (versão impressa) | ISSNe 2674-919X (versão eletrônica) | Qualis: B2 Psicologia
 
INDEXADORAS:
LILACS | Biblioteca Virtual da Saúde (OPAS - BIREME)
CLASE | Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (Universidad Nacional Autónoma de México - UNAM)
Scholar | Google Acadêmico

Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre

Rua General Andrade Neves, 14/402 | 90010-210 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone +55 (51) 3224-3340 | WhatsApp (51) 9 8487-0158 | E-mail: revista@sppa.org.br