Acesso Livre Acesso Livre  Acesso restrito Acesso Restrito

Sobre a Transitoriedade (Freud, 1915): um convite à reflexão filosófica

Paulo Seixas

Resumo


O autor procura fazer uma reflexão acerca de um texto escrito por Freud em 1915 e intitulado Sobre a Transitoriedade à luz da teoria Estética de Kant. A aparente singeleza do texto, escrito de forma despretensiosa e coloquial, contrasta com seu profundo conteúdo, constituindo-se, de fato, num dos mais significativos legados da obra freudiana a respeito da filosofia, ainda que essa não tenha sido a intenção do seu autor. Os diálogos de Freud com os dois outros personagens que aparecem ao longo do texto servem para expressar duas formas diversas de pensar e sentir. Essa divergência remonta à – e ilustra com clareza – uma divergência filosófica que teria havido entre a Filosofia Critica de Kant e a metafísica dogmática que ocupou os pensadores durante séculos (AU)


Palavras-chave


Transitoriedade; Prazer; Estética; Beleza; Perfeição; Juízo de gosto; Metafísica; Ideia; Coisa-em-si

Texto completo:

PDF

Referências


BION, W. R. (1967). Estudos psicanalíticos revisados. Rio de Janeiro: Imago, 1994.

FREUD, S. (1905). Os chistes e sua relação com o Inconsciente. Cap. III. Os propósitos dos chistes. In: Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. v. 8. Rio de Janeiro: Imago, 1977. p. 109-137.

Psicológicas Completas de Sigmund Freud. v. 9. Rio de Janeiro: Imago, 1976. p. 147-158.

. (1913). O interesse científico da psicanálise. Parte II. O interesse da psicanálise para as ciências não-psicológicas: (F) O interesse da psicanálise do ponto de vista da ciência da estética. In: Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. v. 13. Rio de Janeiro: Imago, 1974. p. 222-223.

. (1915). Os Instintos e suas vicissitudes. In: Edição Standard Brasileira da Obras Completas de Sigmund Freud. v. 14. Rio de Janeiro: Imago, 1974. p. 140-162

. (1916a). Sobre a transitoriedade. In: Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. v. 14. Rio de Janeiro: Imago, 1974. p. 345-348.

. (1916b). Vergänglichkeit. In: Studienausgabe Band X; Bildende Kunst und Literatur. Frankfurt: Fischer Taschenbuch, 1982. p. 224-226.

. (1919). O estranho. In: Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. v. 17. Rio de Janeiro: Imago, 1976. p. 273-314.

. (1920). Além do princípio do prazer. In: Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. v. 18. Rio de Janeiro: Imago, 1976. p. 17-85.

. (1930). O mal-estar na civilização. In: Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud. v. 21. Rio de Janeiro: Imago, 1974. p. 75-278.

HEGEL, G. W. F. (1835). Dedução histórica do verdadeiro conceito da arte. In: Cursos de estética. v. 1. São Paulo: EDUSP, 2001. 2. ed. p. 76-7

KANT, I. (1781). Crítica da razão pura. Lisboa: Fund. Calouste Gulbenkian, 1989. 2. ed.

. (1783). Prolegômenos a toda a metafísica futura. Lisboa: Edições 70, 1988

. (1790). Crítica da faculdade do juízo. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2002. 2. ed.

. (1798). Antropologia de um ponto de vista pragmático. São Paulo: Iluminuras, 2006.

MEREA, E. C. (1994). Os conceitos de objeto na obra de Freud. In: BARANGER, W. Contribuições ao conceito de objeto em psicanálise. São Paulo: Casa do Psicólogo; Clínica de Psicanálise Roberto

Azevedo, 1994. p. 1-18.

MORUJÃO, A. F. (s.d.). Prefácio da primeira edição. In: KANT, I. (1781). Crítica da razão pura. Lisboa: Fund. Calouste Gulbenkian, 1989. 2. ed.

PASCAL, G. (1977). Compreender Kant. Petrópolis. Vozes, 2005. 2. ed.

RICOEUR, P. (1977). Da interpretação: ensaio sobre Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1977.

SEGAL, H. (1993). Sonho, fantasia e arte. Rio de Janeiro: Imago, 1993.

TYSON, P. (1993). Teorias psicanalíticas do desenvolvimento: uma integração. Porto Alegre: Artes Médicas, 1993.

URDANOZ, T. (1991). Historia de la Filosofía, v. 4. Madrid: Biblioteca de Autores Cristianos, 1991.




DOI: https://doi.org/10.5281/sppa%20revista.v15i2.584

Direitos autorais 2017 Paulo Seixas

Revista de Psicanálise da SPPA | Publicada desde 1993 (1988-93 com o nome de Arquivos de Psicanálise da SPPA)

Publicação Quadrimestral | ISSN 1413-4438 (versão impressa) | ISSNe 2674-919X (versão eletrônica) | Qualis: B2 Psicologia
 
INDEXADORAS:
LILACS | Biblioteca Virtual da Saúde (OPAS - BIREME)
CLASE | Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (Universidad Nacional Autónoma de México - UNAM)
Scholar | Google Acadêmico

Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre

Rua General Andrade Neves, 14/402 | 90010-210 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone +55 (51) 3224-3340 | WhatsApp (51) 9 8487-0158 | E-mail: revista@sppa.org.br