Acesso Livre Acesso Livre  Acesso restrito Acesso Restrito

A elaboração imaginativa na origem da vida psíquica e suas implicações clínicas

Marcia Regina Bozon de Campos, Leopoldo Pereira Fulgencio Junior

Resumo


Este artigo pretende identificar o surgimento e o desenvolvimento da noção de elaboração imaginativa na obra de Winnicott, analisando o seu significado e suas possíveis implicações clínicas. Complexa e pouco explorada, a noção de elaboração imaginativa é uma das contribuições específicas à psicanálise, feitas por D.W. Winnicott, que permite a formulação de uma hipótese teórica sobre a inclusão do corpo como um elemento fundamental na origem da vida psíquica. Considerando o campo sensorial como ponto de partida para a atribuição de sentido às sensações corporais nos primórdios da existência, a capacidade de elaborar imaginativamente inaugura o processo de apreensão da integração psicossomática, assim como a possibilidade de manter viva e presente na vida adulta a conexão entre o campo da sensorialidade, o campo afetivo e a vida de representação. Nesta perspectiva, a elaboração imaginativa está na origem da possibilidade de criar, sonhar, fantasiar, devanear, brincar e simbolizar, constituindo um elemento importante no tratamento psicanalítico (AU)


Palavras-chave


elaboração imaginativa; corpo; integração psicossomática; Winnicott

Texto completo:

PDF

Referências


Alvarez, L., & Golse, B. (2008). A Psiquiatria do Bebé. Mira-Sintra: Gráfica Europam.

Beebe, B., Chen, P., & Lachmann, F. M. (2016). The Mother-Infant Interaction Picture Book. Origins of Attachment. New York * London: W. W. Norton.

Beebe, B., & Lachmann, F. M. (2014). The Origins of Attachment. Infant Research and Adult Treatment. New York and London: Routledge.

Freud, Anna. (1936). The ego and the Mechanisms of defense.

Fulgencio, Leopoldo. (2013a). Ampliação winnicottiana da noção freudiana de inconsciente. Psicologia USP, 24(1), 143-164.

Fulgencio, Leopoldo. (2013b). A situação do narcisismo primário. Revista Brasileira de Psicanálise, 47(3), 131-142.

Fulgencio, Leopoldo. (2014a). Aspectos diferenciais da noção de ego e de self na obra de Winnicott. Estilos da Clínica, 19(1), 183-198.

Fulgencio, Leopoldo. (2014b). A necessidade de ser como fundamento do modelo ontológico de homem para D. W. Winnicott. Retrieved from Research Gate website:

Fulgencio, Leopoldo. (2016). Por que Winnicott? São Paulo: Zagodoni.

Golse, B. (1999). Du corps à la pensée. Paris: PUF.Golse, B. (2006). L’être bébé. La question du bébé à la théorie de l’attachement, à la psychanalyse et à la phénomenologie. Paris: PUF.

Golse, B. (Ed.) (2008). Le développement affectif et intellectuel de l'enfant. Compléments sur l'émergence du langage. Issy-les-Moulineaux: Elsevier Masson.

Gurfinkel, Decio. (2017). Relações de Objeto. São Paulo: Blucher.

Imbasciati , A., & Cena, L. (Eds.). (2018). Psicologia Clinica Perinatale: Prevenzione e Interventi Precoci. Il Futuro dei Primi Mille Giorni di vita. . Milano: FrancoAngeli.

Imbasciati , A., Dabrassi, F., & Cena, L. (2007). Psicologia clinica perinatale - Vademecum per tutti gli addetti alla nascita ( genitori inclusi). Padova: Piccin.

Imbasciati , A., Debrassi, F., & Cena, L. (Eds.). (2018). Psicologia Clinica Perinatale per lo Sviluppo del Futuro Individuo. Un Uomo Transgernerazionale. Torino: espress.

Missonnier, S. (2009). Devenir parent, naître humain. Pars: PUF.

Missonnier, S. (2012). Winnicott, le foetus et la naissance. In A. Braconnier & B. Golse (Eds.), Winnicott et la création humaine (pp. 37-57). Toulouse: Éditions Érès.

Missonnier, S., Blazy, M., Boige, N., Presme, N., & Tagawa (Eds.). (2012). Manuel de psychologie clinique de la périnatalité. Paris: Elsevier Masson.

Phillips, Adam. (2007). Winnicott. São Paulo: Idéias e Letras.

Roussillon, René. (2010). The deconstruction of primary narcissism. The International Journal of Psychoanalysis, 91(4), 821-837.

Stern, D. (1985). O mundo interpessoal do bebê. Porto Alegre: Artes Médicas, 1992.

Stern, D. (1991). Diário de um Bebê. Porto Alegre: Artes Médicas.

Stern, D. (1997). A Constelação da Maternidade. Porto Alegre: Artes Médicas.

Winnicott, D. W. (1955d). Aspectos Clínicos e Metapsicológicos da Regressão no Contexto Psicanalítico. In Da Pediatria à Psicanálise: Obras Escolhidas (p374-392). Rio de Janeiro: Imago Ed., 2000

Winnicott, Donald Woods. (1945d). Desenvolvimento Emocional Primitivo. Da Pediatria à Psicanálise: Obras Escolhidas (pp. 218-232). Rio de Janeiro: Imago Ed., 2000.

Winnicott, Donald Woods. (1953c [1951]). Objetos Transicionais e Fenômenos Transicionais Da Pediatria à Psicanálise: Obras Escolhidas (pp. 316-331). Rio de Janeiro: Imago Ed., 2000.

Winnicott, Donald Woods. (1954a-a). A Mente e sua Relação com o Psicossoma Da Pediatria à Psicanálise: Obras Escolhidas (pp. 332-346). Rio de Janeiro: Imago Ed., 2000.

Winnicott, Donald Woods. (1954a-b). Mind and its relation to the psycho-soma Through Paediatrics to Psycho-Analysis (pp. 179-188). London: Karnac Books.

Winnicott, Donald Woods. (1955c). A Posição Depressiva no Desenvolvimento Emocional Normal Da Pediatria à Psicanálise: Obras Escolhidas (pp. 355-373). Rio de Janeiro: Imago Ed., 2000.

Winnicott, Donald Woods. (1958d). Ansiedade Associada à Insegurança Da Pediatria à Psicanálise: Obras Escolhidas (pp. 163-167). Rio de Janeiro: Imago Ed., 2000.

Winnicott, Donald Woods. (1958e). O Apetite e os Problemas Emocionais Da Pediatria à Psicanálise: Obras Escolhidas (pp. 91-111). Rio de Janeiro: Imago Ed., 2000.

Winnicott, Donald Woods. (1958f). Memórias do Nascimento, Trauma do Nascimento e Ansiedade. Da Pediatria à Psicanálise: Obras Escolhidas (pp. 254-276). Rio de Janeiro: Imago Ed., 2000.

Winnicott, Donald Woods. (1958n). A Preocupação Materna Primária Da Pediatria à Psicanálise: Obras Escolhidas (pp. 399-405). Rio de Janeiro: Imago Ed., 2000.

Winnicott, Donald Woods. (1965b). O Ambiente e os Processos de Maturação. (I. C. S. Ortiz, Trans.). Porto Alegre: Artmed, 1983.

Winnicott, Donald Woods. (1965j). Comunicação e Falta de Comunicação Levando ao Estudo de Certos Opostos O Ambiente e os Processos de Maturação (pp. 163-174). Porto Alegre: Artmed, 1983.

Winnicott, Donald Woods. (1965m). Distorção do Ego em Termos de Falso e Verdadeiro Self O Ambiente e os Processos de Maturação (pp. 128-139). Porto Alegre: Artmed, 1983.

Winnicott, Donald Woods. (1965n). A Integração do Ego no Desenvolvimento da Criança O Ambiente e os Processos de Maturação (pp. 55-61). Porto Alegre: Artmed, 1983.

Winnicott, Donald Woods. (1967c). O Papel de Espelho da Mãe e da Família no Desenvolvimento Infantil O Brincar & a Realidade (pp. 153-162). Rio de Janeiro: Imago Ed., 1975.

Winnicott, Donald Woods. (1970a). Dependence in child care Babies & Their Mothers (pp. 83-88). London: Free Association Books.

Winnicott, Donald Woods. (1970b). A Experiência Mãe-Bebê de Mutualidade Explorações Psicanalíticas: D. W. Winnicott (pp. 195-202). São Paulo: Artes Médicas,1994.

Winnicott, Donald Woods. (1971). O Brincar e a Realidade. Rio de Janeiro: Imago.

Winnicott, Donald Woods. (1984a). Privação e Delinquência (Á. Cabral, Trans. 3ª ed.). São Paulo: Marins Fontes, 1999.

Winnicott, Donald Woods. (1988). Natureza Humana. Rio de Janeiro: Imago, 1990.

Winnicott, Donald Woods. (1989s). Uma Nova Luz sobre o Pensar Infantil Explorações Psicanalíticas: D. W. Winnicott (pp. 119-123). Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.

Winnicott, Donald Woods. (1989u). Notas sobre o Brinquedo Explorações Psicanalíticas: D. W. Winnicott (pp. 49-52). Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.

Winnicott, Donald Woods. (1990). Natureza Humana (D. L. Bogomoletz, Trans.). Rio de Janeiro: Imago.




DOI: https://doi.org/10.5281/sppa%20revista.v27i2.488

Direitos autorais 2020 Revista de Psicanálise da SPPA

Revista de Psicanálise da SPPA | Publicada desde 1993 (1988-93 com o nome de Arquivos de Psicanálise da SPPA)

Publicação Quadrimestral | ISSN 1413-4438 (versão impressa) | ISSNe 2674-919X (versão eletrônica) | Qualis: B2 Psicologia
 
INDEXADORAS:
LILACS | Biblioteca Virtual da Saúde (OPAS - BIREME)
CLASE | Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (Universidad Nacional Autónoma de México - UNAM)
Scholar | Google Acadêmico

Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre

Rua General Andrade Neves, 14/402 | 90010-210 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone +55 (51) 3224-3340 | WhatsApp (51) 9 8487-0158 | E-mail: revista@sppa.org.br