Acesso Livre Acesso Livre  Acesso restrito Acesso Restrito

Introdução à discussão do trabalho Pulsões, vocês têm uma vida?, de Bernard Chervet

Marli Bergel

Resumo


Este texto é uma síntese do trabalho Pulsões, vocês têm uma vida? e tempor objetivo introduzir a discussão em uma reunião preparatória para oencontro da SPPA com Bernard Chervet. O texto mostra que o autor, aobuscar compreender os motivos às resistências à noção de pulsão aolongo da obra freudiana, destaca o aspecto regrediente da pulsão. SegundoChervet, Freud, ao constatar esta qualidade das pulsões, teria introduzidoem sua teoria o supereu, que funcionaria como um imperativo de inscriçãoda libido na psique.

Palavras-chave: Chervet, pulsão, regressividade pulsional extintiva,imperativo de inscrição.

 

Abstract

Introduction to the discussion on Drives, do you have a life?, by Bernard Chervet

This text is a summary of the work Drives, do you have a life?, and intends tointroduce the discussion in a preparatory meeting for the SPPA encounter with Bernard Chervet. The text demonstrates that the author, in trying to understand the reasons for the resistances to the notion of drive throughout Freud’s work, emphasizes the regredient aspect of drive. According to Chervet, Freud, in observing that quality of drives, introduced the superego in his theory, which would function as an imperative of libido inscription in the psyche.

Keyword: Chervet, drive, extinctive regressivity of the drive, inscription imperative.

 

Resumen

Introducción a la discusión del trabajo Pulsiones, ¿tienen ustedes una vida?, de Bernard Chervet

Este texto es una síntesis del trabajo Pulsiones, ¿tienen ustedes una vida? y tiene por objetivo introducir la discusión en una reunión preparatoria para el encuentro de SPPA con Bernard Chervet. El texto muestra que el autor, al buscar comprenderlos motivos a las resistencias a la noción de pulsión a lo largo de la obra freudiana, pone de relieve el aspecto regrediente de la pulsión. Según Chervet, Freud, al constatar esta cualidad de las pulsiones, habría introducido en su teoría el superyó, que funcionaría como un imperativo de inscripción de la libido en la psique.

Palabras clave: Chervet, pulsión, regresividad pulsional extintiva, imperativo deinscripción.


Palavras-chave


Chervet, pulsão, regressividade pulsional extintiva,imperativo de inscrição.

Texto completo:

PDF

Referências


Chervet, B. (2015). Pulsões, vocês têm uma vida? Revista de Psicanálise da SPPA, 22 (1): 201-226. Trabalho apresentado em agosto de 2014 na Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre.

Freud, S. (1914). Sobre o narcisismo: uma introdução. In Edição standard brasileira das obraspsicológicas completas de Sigmund Freud (Vol. 14, pp. 83-119), Rio de Janeiro: Imago, 1990.

Freud, S. (1920). Além do princípio do prazer. In Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud (Vol. 18, pp. 17-85), Rio de Janeiro: Imago, 1977.

Freud, S. (1923). O ego e o id. In Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud (Vol. 19, pp. 23-83), Rio de Janeiro: Imago, 1977.




DOI: https://doi.org/10.5281/sppa%20revista.v22i1.163

Direitos autorais



Revista de Psicanálise da SPPA | Publicada desde 1993 (1988-93 com o nome de Arquivos de Psicanálise da SPPA)

Publicação Quadrimestral | ISSN 1413-4438 (versão impressa) | ISSNe 2674-919X (versão eletrônica) | Qualis: B2 Psicologia
 
INDEXADORAS:
LILACS | Biblioteca Virtual da Saúde (OPAS - BIREME)
CLASE | Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (Universidad Nacional Autónoma de México - UNAM)
Scholar | Google Acadêmico

Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre

Rua General Andrade Neves, 14/402 | 90010-210 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone +55 (51) 3224-3340 | WhatsApp (51) 9 8487-0158 | E-mail: revista@sppa.org.br